Páginas

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Missão dada parceiro, é missão cumprida!!

Vai lá chamar o marido, a sua mãe, sua irmã, sua amiga, seu cachorro, o papagaio e o periquito, chame todo mundo pq a noticia é boa de mais!

A balança hoje me deixou muito, mas muito feliz, na verdade mais feliz que isso só dois disso!
Subi nela antes de malhar e ela me deu toda sorridente 65,2 kg... então vamos ao momento felicidade...

   

  

  nolimitedarazao:  É o seguinte: nasci sem dente, sem cabelo, sem roupa e sem dinheiro. Então, o que vier é lucro.

  

  

  


Ok já deu né! Acho que deu pra entender a minha felicidade! 

Ai eu pensei com meus botões eu preciso de um presente, porque eu não fiquei me dando recompensas a cada quilo perdido, então depois de pensar muito e muito eu decidi que o melhor presente de mim, seria uma balança... Não to de zuera, fui e comprei uma balança digital, na minha cabeça ter uma balança em casa é um incentivo a não me achar magra e voltar aos velhos hábitos alimentares!!


Depois do momento felicidade, eu sentei e fui olhar as minhas anotações referente ao meu peso, comecei a anotar tudo que eu comia no dia 07/05 e dia 09/07 eu fui e me pesei para voltar ao blog, peso inicial de 73,430 kg e hoje dia 27/07 o peso é 65,200 kg, ou seja, levei 12 semanas ou arredondando 3 meses para perder 8,230 kg... Olhando agora parece que levei muito tempo para perder esse peso, mas o tempo passa muito rápido, quando vi que comecei lá em maio não acreditei, mas perder esses 8 quilos não foi fácil, tive de abrir mão de muita comida boa, de muitos litros de cerveja, cortei de vez o amor da minha vida que é mundialmente conhecida como Coca Cola, cortei a tradicional, a zero e todos os outros tipos de refrigerante! Diminui e muito o consumo do macarrão, e olha que sou de descendência italiana, ou seja, cresci comendo muito macarrão a bolonhesa, e não é fácil comer macarrão apenas em um final de semana ou outro, fazem mais de 3 semanas que não como que pecado

Mas abrir mão de tudo isso valeu a pena? SIM valeu muito a pena, vou poder sentar e me matar de tomar refrigerante, comer macarrão, e tomar muita cerveja? Lógico que não, e pela primeira vez na vida tenho ciência de que se eu quiser me manter assim vou ter que continuar com os hábitos saudáveis, e pra falar a verdade acho que já estou tão natureba que chega a ser chato, mas isso é tema pra outro post.
E eu estou feliz com os 65 quilos? Si estou, mas isso não significa que eu vou parar aqui, jamais, como eu já disse o peso adequado para minha estatura é de 62 quilos, então eu vou continuar com a alimentação e minha meta pessoal são os 60 kg. Acredito que esse é um peso bacana para mim, pq terei a margem de 2 quilos para me manter dentro do peso, e como ainda tenho uma viagem de férias com o marido em novembro, logo a seguir tenho um final de semana em um resort com tudo liberado ai jisuis e depois vem a época mais light do ano que é Natal e Ano Novo... então já viu né, uma mulher prevenida vale por duas, e o mais importante quero estabilizar o peso para cair de cara na musculação, virou questão de honra eu dar um final nessa pochete que algumas conhecem como barriga...

Pelas minhas contas eu perdi uma média de 600 gramas por semana, claro que em algumas eu engordei, em outras perdi mais de um quilo e em outras nada, mas foi bacana, perdi saudavelmente o que é melhor sempre, e não tive a pressão de ter que emagrecer para algum evento (por exemplo como no meu casamento que perdi 10 quilos em 11 meses) ou para entrar em alguma roupa. Também não me subornei oferecendo a mim mesma presentes a cada quilo perdido como uma forma de agrado, afinal era mais que a minha obrigação emagrecer, eu devo mesmo é me tirar uma coisa que gosto muito a cada quilo ganho, se todo mundo fizesse isso não engordava nunca rsrsrs. Também não estipulei metas, só deixei acontecer pq eu sou muito ansiosa e se eu visse a não colaboração do meu corpo com meu objetivo eu provavelmente entraria em pani e comeria o mundo!

Agora vou continuar a luta, vamos derreter esses 5 kg de encostos que estão pelas minhas coxas, pelos meus braços, pela minha barriga e quando os 60 quilos chegarem eu vou me dar um super luxo, já vou começar a guardar a grana, sim vou guardar pq eu sinto que esses 5 kg de encostos vão lutar comigo, não vão desistir assim tão fácil, por isso nada de estipular um prazo para isso!
No final então me darei de presente sessões de drenagem linfática e massagem modeladora, muitas sessões o marido vai pirar, roupas novas, muitas roupas novas e vou doar as que uso agora, e sapatos e bolsas pra combinar com tudo né bem pq se não combinar não tem graça! 

Descobri nesses últimos 18 meses que AMO a academia, amo fazer atividade física e estou pensando muito seriamente em fazer uma segunda faculdade, partir pra Educação Física, o marido apoia que eu faça outra faculdade mas Ed. Física deixa ele com a pulga atrás da orelha ciumes detectado kkkk

Gatas é isso, preciso ir para a minha pós.... Mas antes, desde ontem o mundo está caindo em Joinville e hoje depois de enrolar e de tentar me convencer a não ir na academia eu fui pra fazer Jump e acreditam que a sala que geralmente tem umas 20 mulheres hoje contou com a ilustre presença de 3 nos primeiros 15 minutos e depois chegaram mais duas, ou seja, fizemos em 5 a aula, a sala ficou tão vazia, tão triste, mas pelo menos ainda deu pra papear bastante ;)

Beijooooooos

Frase do dia
"Sofrer dói. Dói e não é pouco. Mas faz um bem danado depois que passa"
Caio Fernando Abreu











quarta-feira, 25 de julho de 2012

O amor é uma dor... mas to chegando lá!

Olá gatas! Como vão vcs?

Eu andei sumida né?! Mas foi falta de tempo e de coragem de sair das cobertas tb.

Meu final de semana depois de muito tempo foi um desastre total, praticamente um apocalipse! O dia de sábado foi lindo, o problema foi a noite, tsc tsc. O meu marido foi pego pelo vírus do romantismo, coisa boa, então me levou pra jantar fora e aí já viu né! Tentei ser light e comi só carne grelhada com um vinagrete mas em compensação lotei o pote de cerveja... No domingo ao voltarmos pra casa passamos para comprar algo para almoçar, a minha consciência já estava me maltratando pelo café da manhã exagerado, ai o marido comprou uma lasanha de frango e eu fui de frango assado e a GORDA que há em mim decidiu provar uma batida de maracujá e pense num trem bão, agora dobra! Ai eu acabei comprando uma garrafinha... Depois do almoço light,  de sobremesa teve gelatina com leite condensado e creme de leite, depois fomos assistir umas apresentações do festival de dança que acontece aqui em Joinville, quando chegamos em casa tomamos umas cervejas que estavam na geladeira, já que o plano inicial era ficar em casa sábado compramos a cerveja durante a semana! Ai jantamos a mesma coisa do almoço com direito a sobremesa também... GENTE eu não comia tanto assim a tanto tempo, e posso dizer com toda certeza do mundo que a sensação de ficar estufada é horrível!!!! Nunca mais quero isso pra mim.

Mas não vou mentir que ADOREI o fds! O marido me disse que eu estava proibida de fazer regime, que merecia uma folga, então no fundo eu concordei com ele e me joguei... a dor veio no domingo no final da tarde quando eu parei para pensar que teria de malhar dobrado....


A balança? Bom ela tem sido bem gentil comigo, sério mesmo...
Subi nela na sexta e... 


Ela me deu 65.850 kg.


Ai eu fiquei feliz, mas ontem por desencargo de consciência subi nela novamente e deu 65,950...  Na segunda feira eu não pesei pq a vergonha na cara não permitiu... 
Em todo caso não vou comemorar ainda, afinal 50 gramas me separam dos 66 kg, então feliz mesmo eu só vou ficar quando a balança der no mínimo 65,500 ;)


No sábado de tarde eu decidi arrumar o guarda roupa, dar fim nas roupas que não uso, separar alguns jeans para apertar, como eu pretendo emagrecer mais não vou comprar calças novas (no próximo post eu falo sore a minha nova meta)... Ai eu comecei a provar as roupas pra ver o que servia ainda e to chocada! As minhas roupas não me servem mais, estão bem folgadas, as calças jeans simplesmente caem até os joelhos mesmo fechadas, e as que não caem no joelho ficam na metade da poupança... Estou me virando esses dias com legs e uma calça jeans que eu tinha guardada pq minha meta era entrar nela, ela já está larga e vou mandar ajustar... Em resumo contei 24 calças jeans, sem condições de mandar apertar todas, separei 14 para mandar ajustar, coloquei 6 para doação e 4 que estavam mais velhas eu deixei pra usar em casa, e meu marido está indignado por eu andar com elas pela casa, mas como está frio eu não tenho outra opção pois não vou comprar roupas novas pra ficar em casa!!
Eu sofri muito nessa limpeza pra ser bem sincera, meu guarda roupa está vazio, minhas blusinhas se foram, fiquei só com algumas pra usar em casa e oremos para que não esquente, pois blusas de frio foram as únicas compras que eu fiz esse ano! Meu marido acha que eu devo vender as roupas pois a maioria eu comprei pra nossa lua de mel e estão boas de mais... mas eu vou doar, antes vou fazer uma faxina nos sapatos óh Deus não, e nas gavetas dele tb....


Só adianto uma coisa pra vcs, a minha próxima meta terá como recompensa um guarda roupa novo, pois no sábado eu saí com uma calça social que eu tenho a uns 3 anos, que foi a unica que mesmo larga ficou decente... tenso!


Beijos e bom restinho de semana!!!!

Frase do dia
"As pessoas podem ter tudo o que vc tem, mas não podem ser quem vc é!"

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Anorexia após a obesidade? #choquei!

Olá como vão vcs?
Eu to uma lindeza só pra variar kkkk

Eu não ia passar aqui hoje, mas saçaricando na internet, e estudar que é bom nada né moça?, vi um vídeo que me chocou!!!

Vou colocar o vídeo no final do post pra quem quiser ver ok?
Uma britânica que pesava a bagatela de 203 quilos com 17 anos,  fez uma cirurgia de redução de estomago e entrou em depressão, e agora aos 22 anos pesa 50 quilos, dos quais 12 kg são do excesso de pele, ou seja, ela pesa 38 kg apenas!!!

Tem como não chocar?
1º Fiquei chocada com a jornalista, pois ela fala como se só a Malissa ( a moça da matéria)  tivesse problemas com a comida no mundo todo, como se os 'humanos normais' não sentissem prazer em comer... afff
2º Infelizmente os pais não curtem filhos magros e entopem as crianças de comida, e muitas vezes não sabem falar não quando a criança quer comer porcarias, por coincidência hoje eu vi no canal GNT uma reportagem sobre a alimentação que os pais dão para os filhos, e como esses filhos tem que lutar hoje para emagrecer, e a matéria era com meninos quebrando com o esteriótipo de que menino gordo pode e menina gorda não... o que as mães disseram? Que é bom ver que o filho come bem enquanto os amigos reclamam que os filhos não comem direito, ou seja, os pais se vangloriam da comilança das crianças...afff esse ego do ser humano eu nunca vou entender.... mas não vamos generalizar, pois tem pais que são normais nesse quesito.

3º Porra Malisa tú não come, não tá bem de saúde, e me toma os remédios com COCA COLA? #morri.


4º Esse namorado ama muito essa moça, pq ficar do lado de alguém que não sai de casa, que vive dormindo, que não come, que engravidou contra ordens médicas e por isso ficou em coma e perdeu o bebe com 7 meses de gestação e descobriu a perda semanas depois ao acordar, não deve ser fácil...

5º A menina precisou emagrecer para não morrer e agora precisa comer para não morrer, aparece na imprensa mundial e ninguém faz nada? Poxa a moça ao se expor, ao aparecer na tv e em jornais está pedindo socorro... ainda mais pq a imprensa na minha opinião é a mais culpada de tudo isso, pois me dão o titulo pra menina de 'A adolescente mais obesa de todo o Reino Unido', isso é ou não é pra acabar com a cabeça de qualquer um?!!!

Fico triste de verdade vendo uma coisa dessas... E torço para que ela fique bem, que tenha a família que tanto sonha, que recupere a saúde, pq ter o diagnóstico de que vai morrer entre 6 meses e um ano deve ser muito foda triste.





Beijos meninas do meu core!!!

Dica do dia.
"Dê um beijo em quem você ama, afinal nesse frio uns amassos caem muito bem." 

terça-feira, 17 de julho de 2012

Final de semana e pesagem...

Olá gatas, como vão vcs???
Eu to a coisa mais guti guti do mundo, to cheia de roupa, de meias e com uma pantufa azul cheia de lantejoulas, ou seja, um pitelzinho... #omaridopira!

Bora falar de dieta?
Meu fds foi lindo, no sábado depois do post eu fui dar aquela corrida de 6 km, fui feliz mas no meio do caminho meio que me arrependi, pois correr na rua, mais precisamente em uma avenida que se chama Beira Rio que logicamente é ao lado de um rio, mesmo sendo 5:30 da tarde a temperatura estava baixíssima!! Comecei a suar na volta, e inacreditavelmente era a unica correndo, e geralmente tenho que desviar dos outros corredores de fds como eu... Como o marido estava sociabilizando com os amigos depois da corrida fui no China in Box e comprei um yakissoba pequeno, jantei e pra minha felicidade estava começando na tv o filme Gremlins, GENTE adorooo esse filme e em seguida assisti os Smurfs... Anos 80 os melhores, e acho que por isso o post de ontem teve sabor nostalgia...



Domingo o marido decidiu me libertar do fogão, talvez por ter saído no sábado sem mim, senti que ele chegou meio triste, afinal minha ausência foi sentida, não que eu seja a mais legal, a mais bonita ou a mais querida, mas pq era um festa com nossos amigos casais, e eu não fui por vontade minha, mas o motivo não direi pq a responsabilidade jurídica não permite... mas em todo caso domingo fomos em um restaurante e eu acabei comendo umas porcarias ao invés de comer comida, troquei o arroz e o feijão por pão de queijo e comi lasanha de frango... isso é almoço de moça decente que esta em reeducação alimentar? Para ajudar depois fomos dar uma volta pela cidade (o marido estava mesmo chateado) fomos em um museu que só Deus sabe pq estava aberto em pleno domingo e com várias pessoas por lá, depois fomos andar em um shopping lá perto e a dona aqui mandou pro bucho um sorvete do Mc Donald's, nesse frio!!! Na janta fiz uma massa com brócolis e cenoura no azeite... tentando  dar uma de moça recatada e magra... falsa magra é uma bosta! rsrs


Ontem como boa moça acordei as 7 horas com um piriri danado, e fiquei feliz pq pelo menos foi em casa e não na academia, então perdi o RPM das 8 e fui só no Jump as 9 horas... Hoje dei aquela malhada a tarde, pois de manhã o marido teve de trabalhar na cidade vizinha, então dormi até as 10 horas!!! ADOREI acordar tarde nesse frio, e com essa chuva que não para desde ontem então! 

Minha pesagem???
Bom a nutricionista me pesou na semana passada e disse que eu estava com 67 kg, fui na academia e me pesei afinal precisava saber os gramas né?! Decepcionei ao ver 67, 800 pq no fundo queria que fossem 67 kg redondos... Na sexta não pesei pq tinha uma fila na balança e desandei a conversar na saída da aula e vim embora, no sábado depois da corrida passei em uma farmácia e me pesei deu  66,100 kg mas nem fiquei feliz pq eu estava suando em bicas, ou seja, desidratada! Hoje eu me pesei a tarde e a balança deu 66,300 ai eu animei, afinal eram 5 da tarde, eu já tinha almoçado, tomado um lanche antes de ir para a academia e estava bem hidratada... XENTE to quase na minha meta...


A sopa desintoxicante é boa, mas por uma semana no máximo, depois enche o saco, então essa semana vou  comer o cardápio alternativo que a nutricionista passou, que consiste em duas fatias de pão integral com uma colher de margarina light ou ricota que detesto, e um copo de suco de soja, ou, um prato de salada de folhas com uma carne grelhada e 4 colheres de arroz integral... ontem fui de arroz carne e salada e hoje investi no pão com a maionese e pra não ficar no preju misturei duas colheres de atum light na maionese pra dar um sabor né,  umas folhas de alface pra dar volume no estômago, malandra e tomei um suco natural de laranja que eu fiz no almoço depois de constatar que eu não daria conta de chupar os 2 kg que sobraram do pacote de 3 kg que eu comprei na semana passada ou retrasada? 

A receita da sopa desintoxicante eu mando agora pra vcs...

1 xícara de arroz 7 grãos 
1 xícara de ervilha seca
Legumes da preferência (evitar batata branca, batata salsa, macarrão, aipin)
Colocar todos os ingredientes na panela de pressão, acrescentar 5 dedos de água acima, quando ferver, deixar 25 minutos.
Consumir 1 prato fundo dessa sopa + uma fatia de pão integral.

Dicas da Nico... 
1 xícara de arroz rende muita sopa, deu pra semana toda, então se não for fã faça pouco!
Se o arroz for da marca Tio João não colo que a ervilha, ele tem algum grão que não me lembro qual, que equivale a ervilha. Como detesto ervilha e desconfio que essa da receita deve custar mais caro, comprei o arroz Tio João, se não me engano paguei R$ 5,60 no pacote de 1 kg...Gente eu como esse arroz 7 grãos a uns meses já, e quem não comprou ou provou ainda, um dia compre, pq ele é delicioso, tipo muito bom, viciante que nem o arroz branco... mas como pobre não nasceu pra ter sorte na vida é uma bomba calórica, então temos que maneirar...

Bom meninas é isso... volto assim que der, pq fazer pós graduação apenas é para os fracos, saiu o edital para um concurso da rede publica de educação do estado e o edital para seleção de mestrado em Curitiba... lá vou eu aos estudos novamente, estou organizando os materiais e terei MUITA coisa pra estudar e ainda estou esperando mais duas aberturas de seleção de mestrado aqui dentro do estado, ou seja, dá-lhe café pra ficar acordada nesse frio!!!

Beijoooooooos

Frase do dia...
"Aproveite cada dia como se fosse o ultimo, um dia você acerta."

segunda-feira, 16 de julho de 2012

O caminho até aqui...um pouco sobre a minha vida.

Olá Girls como vão vcs?
Eu estou boa e congelando aqui em Joinville!!!
Antes de tudo vou responder a pergunta da Linda no post anterior... Quando eu disse que quando falo para o marido que quero casa e ele desconversa, é pq eu digo que quero casar de novo! rsrs.

Hoje eu acordei nostálgica, e decidi contar pra vcs um pouco da minha vida, e oremos para que o post saia curtinho...

Ao som de Kansas... Somente os fãs de sobrenatural entenderão!!!
Mas a letra da música é sensacional!!!



Nunca tive uma vida fácil, na infância sofria horrores por ser pobre, negra e gordinha, a escola foi para mim um terror até os meus 12 anos pq as crianças eram maldosas e viviam puxando meus cabelos que eram muito crespos, na adolescência sofri menos mas ainda sofri, as meninas me chamavam de gorda, de zoiuda, de queixuda e que eu não sabia me vestir... mas minha mãe era uma mulher divorciada, coisa que em 1990 era muito mal visto, uma mulher com 4 filhos e sem marido era uma vergonha, e acham que ela tinha condições de comprar roupas pra 4 crianças? Jamais, vivíamos de doações de amigos, de parentes, de vizinhos, e pra ser sincera eu ficava muito feliz em usar as roupas e os calçados velhos, e ficava mais feliz ainda quando nós ganhávamos arroz e feijão, pois comíamos fubá ralinho na maior parte dos dias, ou quando tínhamos arroz e feijão a mistura era ovo ou carne moída, na década de 90 a carne moída era 1% carne e 99% de gordura, eu detestava e minha mãe me obrigava a comer, então hoje eu NÃO posso com carne moída... Meu pai? Vazou da boca sem olhar para trás!


Ou seja, a minha infância e adolescência foram terríveis, minha mãe é enfermeira e trabalhava de noite, então com 9 anos eu cuidava dos meus irmãos que tinham 8, 6 e 3 anos, as madrugadas eram terríveis pois eu morria de medo de entrar ladrão ou bicho em casa. Fomos despejados de duas casas, e aos 14 eu comecei a trabalhar para ajudar, aos 16 simplesmente me revoltei com a vida, nunca me dei bem com a minha mãe, tive uma depressão forte e depois que melhorei decidi virar uma rebelde, aí já viu né, foram problemas atrás de problemas... o mais engraçado de tudo isso é que o Fernando sempre esteve ao meu lado, começamos um rolo quando eu tinha 13 anos, a família toda foi contra o namoro, afinal eramos primos em primeiro grau... Pra quê ficaram contra? Pra nós nos aproximarmos mais ainda é claro!!!

Meu marido foi fundamental na minha vida, sempre me dava concelhos, embora eu nunca os seguisse sempre ficou do meu lado, as vezes até saia pra balada comigo, e assim se passou um tempo, reprovei na escola e o baque foi grande, os 'amigos' que já me atormentavam caíram matando sobre mim, fora minha mãe e o resto da família, então eu decidi que dali por diante mudaria, que seria alguém na vida. Meu marido lindo me apoiou e começou a me ajudar nos estudos, eu sempre fui viciada em livros, talvez pq os livros nos levam a mundos diferentes, nos prendem em suas histórias, então ele me emprestava livros, conversávamos sobre um possível vestibular, sobre a possibilidade de me formar, de ter um bom emprego, enfim melhorar de vida... Então em 2000 o Fer entrou pro curso de Contabilidade na Universidade Estadual de Londrina (UEL), muito concorrida por sinal, e eu terminei o colégio em 2004, no ano em que ele se formou, eu trabalhava o dia todo e fazia o colégio a noite, depois fazia o cursinho a noite e bombei no primeiro vestibular pra Filosofia (Graças a Deus), e em 2006 pedi as contas do serviço com muito pesar só para estudar e como não teria grana para o cursinho comecei a estudar em casa, levantava as 7 da manhã estudava até as 9 da noite todo dia de segunda a sábado, só parava para comer... Resultado? Fui aprovada em sexto lugar na UEL para o curso de História \o/


Acham que passar para uma boa faculdade pública em sexto lugar foi motivo de orgulho? Jamais né, os amigos não acreditaram que eu havia passado em tão boa colocação pelo fato de eu ser uma negra saída de uma escola publica da periferia, e que se inscreveu no sistema de cotas no vestibular e passou em sexto lugar sem a necessidade de entrar por cotas... minha melhor amiga olhou na minha cara e disse que passar por cotas era fácil, fiquei muito chateada!!! Passar no vestibular foi fácil, o duro foi me manter na faculdade, afinal não tinha grana pro ônibus e os xerox de um estudante de História custam caro! Então eu geralmente lia o texto de algum amigo, pegava os livros na biblioteca... até que um professor me disse que haveria uma inscrição para alunos bolsistas, eu me inscrevi e Graças ao bom Deus passei a receber R$300,00 mensais, mas eu tinha que participar de um projeto na faculdade, então eu estudava de manhã e fazia o projeto a tarde, fui bolsista por 2 anos, em 2008 fui morar com o Fernando em um apartamento que ele conseguiu pela COHAB, e eu tive  que arrumar um emprego, deixei com muito pesar o projeto e arrumei um emprego pois trezentos reais era muito pouco para ajudar em casa ...

E só depois de entrar na faculdade, me manter nela e me 'casar' eu comecei a ser respeitada pela minha mãe, nós nunca nos demos bem, e isso só melhorou quando eu sai de casa... O meu marido sempre estudou muito pra concursos, e passou em muitos, como vcs sabem passar é fácil, o duro é ser convocado. Então depois de 3 anos de estudo ele passou em dois concursos, um aqui em SC e outro no RS e foi convocado... Com muita dor no coração deixei Londrina, abri mão de ver meus sobrinhos todo final de semana, larguei o emprego, e não pude fazer o mestrado que tanto queria na UEL. Assim que cheguei aqui fiz dois concursos para a rede publica e passei nos dois, estou esperando a convocação, e estou a espera das aberturas de seleções de mestrado nas faculdades de Floripa, ano passado as provas para o mestrado caíram na semana do nosso casamento...

Hoje vivemos em um lugar bacana aqui, mas ainda sofro preconceito, no elevador do meu prédio já fui confundida TRÊS VEZES como doméstica, na academia sou a ÚNICA aluna negra, assim como na pós graduação e as pessoas ficam me olhando com umas caras de espanto, como se pessoas negras fossem raras ou são condenadas a trabalhos braçais sem a possibilidade de morar bem, de estudar ou de malhar numa academia bacana... o preconceito não tem lugar fixo, está no Brasil todo. 
Nunca tive e nem tenho a pretensão de ser rica, serei uma professora de escola publica e sabem pq? Pq eu PRECISO mostrar para os jovens e adolescentes que através da educação é possível mudar de vida, que através do estudo a vida pode ser melhor, que pra ser feliz não precisa ser rico, e sou um exemplo disso... já passei o diabo nessa vida e o que eu contei não é nem metade! O meu casamento foi o único luxo que nós nos demos, pois juntamos grana por 4 anos (e nem era para o casamento), economizamos muito para a festa, afinal depois de 10 anos um casamento bacana era necessário e sejamos sinceras, só se casa uma vez na vida, então fizemos com a nossa cara (mais com a minha vai). Lógico que pelas costas as pessoas falaram mal, e os fofoqueiros fazem questão de nos contar isso! É sempre tenso o contato com outros seres humanos, pois eles vêem as pingas que eu tomo, mas não os tombos que eu levo!!

E pra finalizar, posso dizer que agora estou emagrecendo legal, e acredito que isso se deva ao fato de estar com a vida mais tranquila, no sentido que não tenho pressão social para emagrecer, não tenho minha mãe pra me afundar com palavras negativas, e tenho ao meu lado a 10 anos o homem mais lindo do mundo!!!
Sinto saudades de Londrina o tempo todo, hoje me dou melhor com a minha mãe e me dou extremamente bem com meus irmãos, e nem sempre foi assim! E tenho dois sobrinhos lindos e mais 2 emprestados do Fer, que são na verdade meus primos! E a família já aceitou nosso casamento a um tempo, e em relação aos nossos filhos? Não temos pressa, e o papo de que teremos filhos com problemas mentais não nos afeta, afinal não cai uma folha de uma árvore se Deus não quiser! Não vou sofrer por antecedência!!


Beijooooos gatas!!!
Boa semana pra nós!!!!



Frase do dia
"Não sabendo que era impossível, foi lá e fez!"

sábado, 14 de julho de 2012

Meu casamento....

Olá meninas como vão vcs?
Eu estou bem, congelando em Joinville mas muito contente!
Eu prometi um post sobre o meu casamento então vou cumprir a promessa, decidi postar hoje pq estou de folga do marido que foi confraternizar com os amigos de trabalho \o/, então se acomodem nas cadeiras, coloquem os óculos pq o post será grande!

Depois de 6 anos de namoro eu e o marido fomos morar juntos e lógico que todo mundo cobrava um casamento 'oficial' e nós nunca demos bola pra isso, e depois de quase 3 anos morando juntos ele me pediu em casamento em um dia de Julho de 2010 (eu não lembro a data, que vergonha!!!). Juro que nunca fui encanada com esse negócio de casamento, mas já sabia onde queria casar e quem faria meu vestido. Eu era tesoureira da minha turma na faculdade e por isso fui obrigada a conhecer muitos buffet's na cidade, em 2008 me encantei por um lugar em especial... esse lugar era todo rustico, feito com toras de madeira, rodeado por palmeiras e com uma capelinha, quando eu cheguei lá me apaixonei e disse pra uma  das donas que eu me casaria ali um dia, meu marido foi comigo lá na época e disse que era bem a cara de uma estudante de história, coisa de hippie em ultimo grau. 
Trabalhei com uma moça que usou um vestido maravilhoso e eu quis saber mais sobre o estilista e descobri que ele era e é o queridinho de todas as noivas de Londrina, mas ele faz vestidos maravilhosos, vi muitos modelos, fui em feiras de noivas e ele sempre estava expondo, então decidi que ele faria meu vestido. Através desta colega de trabalho tb conheci a minha assessora que hoje é uma amiga, e que foi fundamental na preparação do casório.

Noivamos em Julho, em Agosto contratamos a Mi (assessora) em Setembro meu marido veio pra Santa Catarina trabalhar e eu fiquei em Londrina pra me formar na faculdade e cuidar do casamento. Em Outubro fechei com o estilista o meu vestido, em Novembro fechei com o Buffet, em Dezembro fechei foto e filmagem e marquei a data para Novembro de 2011, ou seja, com mais de um ano de antecedência comecei a fechar com os fornecedores e acreditem se quiser, em Londrina se não se fechar com um ano de antecedência vc acaba ficando com os fornecedores que restam e não com os que vc quer. Depois de Dezembro me dediquei unicamente a minha formatura, que deu uma dor de cabeça do cão e Graças ao bom Deus deu tudo certo e em Março colamos grau e tivemos o baile de formatura.

Então vim morar em Joinville com o meu marido e ia de 3 em 3 meses pra Londrina para fazer as provas do vestido e ver os detalhes... Meninas que vão casar, os detalhes são a pior parte, eles parecem custar pouco mas não custam, no final levam muito dinheiro. Minha promoter sempre disse que poderíamos casar com 10 mil ou 100 mil, o valor depende unica e exclusivamente do bolso dos noivos... Quando fizemos os orçamentos meu noivo e eu chegamos ao valor X, mas a felicidade de pobre dura quanto mesmo? Ao fechar o meu vestido, a foto e filmagem, a assessoria, o buffet e o local já havíamos gasto todo o valor estipulado pra festa toda, e mais meio X, e ainda faltava MUITA coisa... Como eu ia pra Londrina a cada 90 dias a Mi foi fundamental na minha vida, ela fazia os orçamentos me mandava por e-mail e quando eu ia pra Londrina andávamos o dia todo a semana toda, íamos em todos os fornecedores  até eu escolher um, e depois voltávamos no fornecedor para fechar o contrato. No final de Junho se não me enganos já estávamos com todos os fornecedores acertados e só nos restava os detalhes, tipo vestido das damas e terno dos pajens, a roupa do meu noivo, quais flores eu usaria, qual a cor da decoração, o cardápio do buffet, o barman,  os convites, as lembranças, os kit festivos...

Em Abril eu e o maridão convidamos todos os padrinhos, pq temos que avisar com muita antecedência, afinal eles vão gastar com roupas e geralmente dão os melhores presentes, então avisar com antecedência é fundamental... não pensei nos presentes pra ser sincera, escolhemos 10 casais de padrinhos, e em off conto pra vcs que 3 não nos deram presentes e ainda levaram convidados que eu não conhecia pra festa, destes 3 casais 2 praticamente imploraram para serem nossos padrinhos, mas deixa pra lá....

Em Março eu entrei na academia, comecei a fazer a reeducação alimentar para entrar no vestido de noiva, pois apesar de ele ser desenhado para mim e feito no meu corpo eu queria estar bonita, e sabia que emagrecer era preciso... então a cada prova do vestido eu ficava feliz ao ver que ele estava largo, e depois de Junho o estilista parou de apertar o vestido pois ia estragar a estrutura com tantos ajustes, então decidimos que a prova final para o ajuste seria em Novembro, 10 dias antes do casamento. Aí eu dei uma relaxada no decorrer do ano, mas quando chegou setembro e eu ainda estava com 75 kg eu tive que correr, desandei a malhar a comer direito de verdade e foquei no emagrecimento, então no dia da prova eu estava com 72 kg, mas no dia do casamento estava com 70 kg porque na semana do casório eu desidratei de uma forma, sem mentiras fui acometida das piores diarreias que um ser humano pode ter, tive dores de estomago, não comia direito, não dormia direito, estava muito, mas muito nervosa, e quem me deixava mais nervosa era minha mãe, a mulher chorava sempre que eu ia na casa dela, ela estava muito nervosa e parecia que ela era a noiva kkkk... Noivas do meu coração, casamento é um teste de resistência e paciência... Nossos pais não ajudaram com um real na festa, nossa lista era de 150 convidados no inicio e depois que os nossos pais complementaram a lista com os familiares e com os amigos deles vimos o numero subir para 280, e depois que a nossa assessora ligou confirmando as presenças para podermos pagar a diferença no buffet eram 240 convidados, ou seja, pagamos o buffet em 2x, tivemos que aumentar as mesas e consequentemente a decoração, as bebidas do bar nós tivemos que comprar a mais e pagar a diferença para o barman, a mesa de doces teve de ser aumentada, as lembranças, mas tudo bem afinal os pais são os mais felizes nesse processo e vale muito a pena passar um tempo com eles, na verdade com elas, pois nossas mães foram sensacionais, andaram comigo pra cima e pra baixo, levei as duas pras minhas provas de vestido, pra floricultura, pra escolher os convites...

15 dias antes do casamento eu e o Fer fomos pra Londrina, pagamos os fornecedores faltantes, fiz teste de cabelo e maquiaqgem, assistimos a demonstração dos músicos da cerimônia, combinamos as musicas com o DJ, encomendamos as lembranças para os padrinhos, que eram caixas com todos os bombons da mesa de doce, quando fomos entregar os convites de casamento para os padrinhos eu dei uma caixa com uma gravata para os homens usarem no casamento e uma caixa com trufas de especiarias para elas, para os pajens e damas dei uma caixa grande cheia de doces e no dia do casamento dei para os meninos um caminhão de madeira cheio de marshmallow e as meninas ganharam bouquets de marshmallow tb,  2 dias antes da cerimônia fizemos o ensaio com os padrinhos e as crianças, e a ansiedade só crescia... 

No dia da cerimônia nos levantamos cedo, casamos no cartório as 9:30 e ao meio dia entrei no salão para o dia de noiva e recomendo muitoooo, fiz massagem, fiquei enfiada em uma hidromassagem com um monte de espuma que nem nos filmes, fiquei em uma sala ouvindo musicas deliciosas, as quatro da tarde tomei um café delicioso e a noiva que estava na sala ao lado da minha mandou pro bucho um filé a parmigiana com arroz e batata frita e eu desacreditei geral kkkk, minha mãe e minha sogra chegaram as 4:30 para fazer o cabelo e maquiagem e ainda beliscaram meu lanche, eu estava super-relaxada, feliz e o melhor de tudo foi que o marido me mandou um bouquet de rosas vermelhas e eu chorei largada, e a minha unica preocupação era, opa não tive preocupação nenhuma, a Mi estava desde as 9 horas da manhã cuidando de tudo, esperando fornecedores, supervisionando tudo e eu não me preocupei com nada! Meu marido foi para o hotel que passaríamos a noite de nupcias com o pai os irmãos, meu cunhado e meu irmão tb foram, eles fizeram o making of e depois ficaram bebendo e comendo até a hora de irem para a cerimônia... Eu sai do salão as 6 da tarde, fui para o atelie do estilista me trocar e depois minha mãe e minha sogra foram tb... Sai de lá  as 7:00  pois a cerimônia estava marcada para as 7:30 e o local era meio longe... Minha mãe e a sogra foram comigo no carro e quando chegamos no local elas desceram a pé e eu fiquei do lado de fora esperando a entrada do noivo, dos padrinhos, dos pajens e a hora não passava, meu coração começou a acelerar e eu queria entrar logo, queria ver meu marido, meus amigos! Então a Mi nos chamou e a partir daí as horas correram, foi tudo lindo, quando o trompete começou a anunciar a minha entrada os olhos encheram de lágrimas, quando a musica do violino, do piano, da flauta e do baixo se juntaram ao trompete eu chorei largado, chorei de emoção, de felicidade e o mais legal foi que a mulherada caiu no choro, e eu chorava mais ainda, a minha mãe traidora chorou tanto o mês, na manhã do casamento chorou no telefone comigo e na cerimônia não chorou até ver minhas irmãs levando as alianças... Foi lindo!!!! Eu faria tudo novamente!!!! 

Meu marido não acompanhou nada da preparação e por conta disso eu fiz a festa, o valor X no final ficou XXXX e a lua de mel mais X... mas ele tb não se arrependeu, festamos muito, nossa família fez uma dança surpresa pra nós que me deixou muito feliz, eles participaram muito da festa, animaram muito, quando digo família me refiro especialmente as nossas mães, aos meus 3 irmãos e os 2 irmãos do Fer... eles foram sensacionais e os nossos amigos então nem se fale. Pagamos o espaço até as 3 da manhã eram 5 horas e a pista ainda estava cheia, saímos de lá expulsos, bêbados, e felizes as 6 da manhã!!! As bebidas são essenciais né?! Fechamos com o barman 6 bebidas com álcool, 6 sem álcool e ele nos deu mais 2 bebidas  de cortesia, e essas duas me derruaram pois eram vodka com licor e a outra vodka com limão canela e açúcar. O bar foi o sucesso da festa, tb colocamos Whisky para os mais velhos e no final a galera da faculdade se acabou nele, para as mulheres escolhemos um vinho frisante italiano maravilhoso, e pra geral a velha e boa cerveja, fora os refris, sucos e água... O saldo alcoólico foi uma caixa de Whisky, 60 garradas de vinho frisante, 15 garradas de Smirnoff Vodka, fora as 20 garradas de outras bebidas como run, licores, cachaça envelhecida, e bebidas coloridas doces e venenosas, e 14 grades de cerveja... Valeu a pena cada centavo investido nas pingas, pois o buffet não deu nada de bebida além de água e refrigerante... A salvação no final de tudo foi a mesa de doces, glicose é sempre boa né? Comi horrores de doce com a minha irmã e meus cunhados, a lembrança foi um bem casado e uma caneca de 500 ml pra cada convidado, no final as canecas e as embalagens serviram para a galera levar doce embora, a exagerada aqui queria uma mesa de 2 metros e tive a mesa obviamente, e foram quase quatro mil doces, então sobrou uma quantidade boa que foi pra casa da mamãe, e ainda tive um carro de sorvete, os pinga chuparam muito sorvete e ainda sobraram uns 100 que foi pra casa da mamãe... No domingo a tarde saímos do hotel e fomos pra casa da minha mãe onde a nossa família estava fazendo um churrasco (caso eu não tenha dito meu marido é meu primo em primeiro grau, então a família é nossa mesmo), ai eu comi o bolo do casamento, alguns doces mais, chupei muito sorvete e curei parte da ressaca... Depois partimos pra Lua de Mel, passamos 4 dias em Porto de Galinha, 3 dias em Fernando de Noronha, 1 dia em Natal, e fizemos um cruzeiro de 6 dias onde conheci uma galera que tb estava em lua de mel, ai pude falar de casamento sem forçar o assunto!!! Maravilhosoooooooooo! Todo dia eu falo pro marido que quero casar (de novo) e ele desconversa.. Se passaram 8 meses já e ainda não escolhemos 120 fotos das 2000 para o álbum, é tenso escolher poucas fotos de tantas, mas um dia esse álbum sai!

Vamos as fotos???? ADORO!
Como eu disse são mais de 2000 fotos oficiais e mais de 1000 não oficiais, então não vou colocar todas que gostaria :)

Janeiro de 2011. 83 kg...
Junho de 2011. 75 kg



Dia do casamento: 70 kg

                                                

Mamãe de cinza e sogra de Roxo.

 A capela que casei... 
Meu sobrinho e sua priminha de pajens.
                            
 Todos os pajens e daminhas... 
      
Minhas irmãs como as damas de aliança.

Nossa chegada na recepção... Pensem em uma felicidade sem tamanho... a carinha do meu amor resume isso... e logo atrás a Mi a melhor assessora do mundo!
                                          
 O sapo bouquet foi um sucesso!
                                                      
A minha mesa de doces!!   
             
 O marido cortou o meu véu que tinha 4 metros...

                               
Nosso kit festivo foi diferente do resto das pessoas é claro, tinha minha máscara, boal imenso, copos com luzes, chapéu e óculos com lentes azuis\o/ 

E finalmente a nossa lua de mel...
Vista de uma bela praia em Fernando de Noronha.
Bom meninas como eu prometi ta ai, eu ainda tenho muitas fotos, fiz as caixas dos padrinhos e damas e tirei fotos, tenho fotos dos convites, dos menus das mesas, da decoração, das lembrancinhas, das mini gravatinhas pra hora da gravata, da dança que a família fez, fiz veuzinho pra mulherada que ia pegar o bouquet e ficou bem legal nas fotos, fotos do bar, fotos com todos os padrinhos com as gravatas que dei, fotos externas, fotos no salão de beleza... fotos que nunca acabam... 
Se as noivas quiserem ver as fotos é só pedir que eu posto, não coloquei hoje pq é chato ficar esperando as fotos carregarem e escolhe-las tb é difícil!
A minha assessora pra quem interessar trabalha em Londrina e agora aqui em Santa Catarina tb pois ela se casou mês passado e veio morar aqui \o/ Se alguém quiser o contato me manda um recado, eu lógico que a recomendo mil vezes!!!


Agora vou responder os meus recados e passar no cantinho de vcs!!!!
Na segunda ou amanhã eu posto a minha semana e a pesagem ok?

Beijoooos e bom fds!!!!!!


terça-feira, 10 de julho de 2012

Passando bem rapidinho ok? Nutricionista e pesagem...

Olá meninas como vão vcs?
Eu to bem, uhuuuu...

A semana tá corrida, então o post vai ser curtinho e no decorrer dos dias vou passando no cantinho de vcs e respondo os recados que recebi (adoroooo)

No sábado a noite fui na casa de amigos assistir a luta do UFC... ai já viu né, rolou pizza, petiscos, até ai tudo bem, o pior foi a bebedeira né! Lotei o pote e no domingo não tive animo, só ressaca mesmo... e na segunda feira cedinho lá estava eu na maior cara de pau frente a frente com a minha nova nutricionista...
A minha de Londrina como eu disse era um amor, e essa não é tão legal, mas ao contrário da anterior é muito mais rápida com a montagem do cardápio... anotou como eu comia sempre e alterou algumas coisas, fez um cardápio novo, imprimiu na hora e me mandou voltar daqui a 30 dias... 
Não fez mudanças drásticas, alterou meu café da manhã, antes do treino vou tomar farelo de aveia com leite de soja batido com uma banana e canela, aumentou minha ingestão de arroz no almoço, trocou meu feijão por lentilha, ADORO, colocou mais mato folhas e de jantar uma sopa desintoxicante que ajuda a diminuir a  barriga, vou ter que tomar por 30 dias, mas caso eu enjoe passou um cardápio alternativo, acabou com as minhas frutas, posso comer só duas por dia, e de lanche me indicou umas marcas de bolacha e cereal com muito menos calorias do que as que comprava, vamos ver o resultado daqui a 30 dias então... hoje enfrentei a velharada o supermercado e comprei tudo o que ela indicou. Ela disse que preciso perder 4cm de pancepis, essa borracha localizada abaixo do meu umbigo tem que diminuir em 30 dias... Só preciso convence-la a me deixar...


No mais meninas tudo tranquilo, a nutri me pesou e estou com 67 kg... coisa linda!!!

Agora me vou, preciso fazer um artigo para entregar na sexta e não consigo desenvolver o assunto... ontem de noite eu me empolguei um monte, desandei a escrever e meu marido amado chegou do trabalho e me lembrou que na semana passada eu havia prometido ir assistir ele correr de kart... Como pobre não tem sorte na vida eu me troquei e fui assistir a tal corrida. Ele ficou em terceiro só que ao contrário, foi o antepenúltimo, ou seja o sexto colocado...  kkkkk... No final me diverti assistindo a corrida com uma amiga esposa de outro corredor, como boas loucas ficamos no meio do gramado da pista tirando fotografias e rezando para não sermos atingidas pelos motoristas loucos, tudo isso debaixo de um frio desgramado!!!! Ah o amor!!!

Aviso as noivas: no sábado vou fazer um post gigantesco sobre meu casamento, vou falar da minha dieta, da organização do casamento, das loucuras mais idiotas que só quem é noiva entende, e lógico que tudo com direito a muitas fotografias...

Beijooooooooooooos


quinta-feira, 5 de julho de 2012

Alimentação durante a R.A... o que você está colocando no prato?

Olá como vão vcs?
Eu estou bem, sentindo umas cólicas desagradáveis, com as peitholas doloridas e depois que tomo o remédio e a dor passa tenho só sono...
Mas estou bem, afinal a mais de 15 anos passo por isso todo santo mês, vou sobreviver!

Queria falar um pouco sobre a minha alimentação na Reeducação Alimentar, e resolvi falar isso por conta de alguns despropérios de tenho visto em alguns blogs.
Meninas acho super importante ter esse espaço, falar de como cada uma enfrenta o processo de redução de peso, o blog me ajuda a ver que cada um tem um jeito de lidar com a situação e o resultado é lento para todas, algumas ficam super felizes com menos 500 gramas e outras ficam fulas... Adoro essa diversidade, de verdade mesmo!!!

Mas uma coisa que me deixa muito cabreira, é a alimentação de algumas e os comentários que recebem sobre a alimentação... 
A 'blogueira X' come 1.200 kcal por dia, coloca todo santo dia seu cardápio no blog, algumas com fotos outras não... E o que ela come? Aí é que mora o perigo, tem gente que passa dias sem colocar nada de fruta, verduras, legumes na boca! Ainda tem aquelas que nem arroz e feijão encaram!! Aí é pra acabar quando vejo que nos comentários a guria recebe elogios como  "nossa que alimentação perfeita" Para mim alimentação perfeita passa muito longe de comer aqueles Danetes 2x por dia no lugar dos lanches, comer barra de cereal ou biscoito no almoço, ou comer um prato com meio tomate e um pedaço ridículo de carne e de sobremesa um SORVETE de leite condensado e de jantar manda pro bucho duas fatias de pão! 
Claro que não me refiro a um único blog, e pra ser bem sincera não sigo essas loucas, por um motivo apenas: isso não é reeducação alimentar!!!
Passei a vida toda fazendo dietas, e eu comia até a barriga estufar em TODAS as refeições, do café da manhã ao jantar! De manhã mandava pra dentro 3 pães franceses, um copo de leite com Nescau, no almoço e na janta fazia uma montanha no prato, as vezes batia nos lados pra não deixar a comida cair, durante o dia comia mais pão francês com leite e achocolatado, salgadinhos e qualquer coisa que me oferecessem! Ai do nada cortava tudo isso e contava as calorias comendo as mesmas porcarias só que em quantidades menores, o resultado era que eu passava fome literalmente e depois de 3 ou 4 kg perdidos eu desistia e engordava 5 ou 6 kg. Tenho muita consciência de que engordei comendo muito errado, e mesmo depois de encontrar uma nutricionista bacana me peguei cometendo os velhos hábitos diversas vezes, porque é difícil, mas muito difícil comer certo!

As barreiras que encontrei foram muitas, trocar as três escumadeiras de arroz por 4 colheres de arroz integral foi terrível, abandonar os 3 pães por duas fatias de pão integral foi o fim, abandonar o leite integral pelo de soja foi dolorido, incluir iogurte e queijos na alimentação foi muito complicado, e a pior parte foi incluir feijão, legumes e verduras na alimentação diária, além de abandonar o frango com pele fritinho, por frango cozido e sem pele, e até mesmo o bife que nunca fui fã,  passou a ser grelhado... Comia cachorro quente, pizza, salgados e tomava refri a semana toda, em dias alternados é claro, mas comia! Abandonar isso foi difícil, eu sofri é claro, chorei, quis chutar o xaxim várias vezes...
Mas fiz uma coisa que sempre cobrei dos outros, abrir a mente e aceitar algumas regras! Eu sempre sentei no meu rabinho e acabava com o dos outros, nunca fui de aceitar pessoas cabeças duras, e no fundo eu sempre fui uma! E com a reeducação alimentar além de aprender a comer aprendi a respeitar as pessoas e o seu tempo!

Minha nutricionista foi muito paciente também, eu nunca tive grana pra pagar uma, então eu comecei a consultar essa na universidade onde estudava, ela era professora de lá e atendia a comunidade externa e interna, mas não atendia no hospital de clinicas e sim no centro de apoio aos estudantes. Meus amigos me zuaram no começo, mas depois que perdi peso muitos foram se consultar com a mesma nutricionista! 
Ela me explicou que eu comeria 1.400 kcal diárias, divididas em café da manhã, lanche da manhã, almoço, 2 lanches da tarde, jantar e ceia caso fosse dormir muito tarde! Fez um cardápio bem bacana, dentro do meu orçamento de aluna de faculdade publica e bolsista, ou seja, falida ao quadrado! Nunca fui de comer muitas frutas, então ela deixou as que eu mais gostava como banana e laranja, mas pediu pra eu forçar maçã, mamão, pera, e etc. e me aconselhou economizar comprando as frutas da estação pois sempre são mais baratas! O leite de soja não é barato, 1 caixinha tem o valor de 2 de leite de vaca, então ela disse pra eu comprar quando pudesse, mas que teria que tomar o leite desnatado, com a grana dos lanches que eu gastava nos intervalos das aulas, eu comprava as frutas, o leite integral, e o arroz integral de quebra! Em resumo eu fazia 6/7 refeições por dia, e não eram pequenas, no inicio achei que não ia dar certo, pq de manha tomava um copo de leite de soja, com duas fatias de pão integral com requeijão, ou manteiga, ou queijo, de lanche carregava pra faculdade uma fruta geralmente banana/maça/pera, almoçava 3 colheres de arroz integral, com uma concha de feijão, carne cozida ou grelhada, salada a vontade e se desse um legume cozido, de sobremesa podia comer uma fruta, de lanche comia banana com aveia e mel, mais tarde outra fruta de minha preferencia e no jantar a mesma coisa que o almoço, e de ceia sempre um copo de leite de soja ou um iogurte! A cada 2 sábados podia comer um lanche com refrigerante, ou pizza com refrigerante, no domingo a tradicional macarronada estava liberada, desde que com moderação. SEMPRE comi bebendo algo, quando não tinha suco ou refri tomava água mesmo, e isso tive que cortar drasticamente!!
Tive que aprender a comer para saciar a fome, e não comer até me sentir cheia, com aquela sensação de estomago vazio... foi fácil não!!!
Depois de 15 dias já tinha perdido 3 kg! Desacreditei geral, com 30 dias já tinha mandado embora 7 kg! 

Ai eu fiquei feliz e continuei comendo saudavelmente para o resto da vida? Não, isso aconteceu em Junho/Julho 2008, então em Agosto eu comecei a trabalhar de dia, estudar de noite, achei que estava magra com 72 kg, afinal eu estava com 79 no inicio da dieta, voltei  a comer as porcarias de antes, e trabalhava com 6 mulheres que comiam o dia todo, e em coisa de meses já estava com 82 kg... Porque isso aconteceu? Por que eu NÃO ENTENDI que comer certo é pra vida toda, na minha cabeça dura eu ia emagrecer e nunca mais engordar, foquei em perder 7 quilos e não foquei em mantê-los. 

Hoje eu tenho consciência de a qualidade do que como é mais importante do que a quantidade, se eu tomar um danete de 70 kcal não receberei os mesmos nutrientes que uma laranja ou banana com 90 kcal me forneceriam, fora que as frutas são MUITO mais nutritivas! Eu malho, então TENHO que ingerir carboidratos nas refeições, assim como proteína! Eu parei com o pão francês, e com o integral tb, pq não adianta forçar, não curto esse pão, então como bolachas salgadas integrais do tipo club social que tem a mesma quantidade de calorias do pão. Como arroz branco algumas vezes sim, mas prefiro o integral pq apesar de ter mais calorias que o branco é mais benéfico. HOJE SEI QUE ISSO É PARA O RESTO DA MINHA VIDA! E eu gosto disso, como um pouco de tudo, não fico passando vontades!
Agora me diz se uma pessoa que passa o dia comendo 1.200 kcal mal distribuídas vai conseguir fazer isso para o resto da vida? 

Vamos colocar os pés no mundo real, somos brasileiros e o arroz com feijão é nosso alimento mais básico e MUITO BOM por sinal, não dá pra ignora-los! Por experiência própria, foi difícil pra caramba incluir integrais, comer frutas, verduras e não fritar carnes, mas com o tempo me acostumei e gosto muito! Não vivo sem leite de soja, refeições sem legumes e verduras não existem. Infelizmente a perda de peso é linda no inicio mas depois é mais lenta, mas ainda é progressista, estou a 16 meses na luta, comendo direito, escorregando aqui e ali as vezes, já se foram 15 kg, e tenho absoluta certeza que não engordarei novamente, hoje sei como comer e acima de tudo NÃO FAÇO RESTRIÇÕES SEVERAS!

Então gatas fica a dica, invistam em vcs mesmas, tenham planos e metas para algo definitivo e não temporário, se não aprendermos a comer não saberemos como manter!!  Eu ainda tenho um longo caminho pela frente, não vou omitir que estou com algumas escoriações dessa estrada, as vezes bate o desanimo, o platô fdp muitas as vezes dá um oi, as vezes se vão apenas 2 quilos ou menos por mês, é complicado eu sei, mas estamos juntas nessa!!! Tenho a mais absoluta certeza de que quando a meta for alcançada TUDO vai valer a pena!!!

Beijooooooooooooooooos


Frase do dia
"Continue a nadar, continue a nadar"
(Doli - Filme: Procurando Nemo)